quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

JOGO DO VALE A PENA


















No jogo do vale a pena
Quer jogar pena comigo?
Se você ganhar as penas,
Leve meu penar contigo...

No jogo do vale a pena
As penas do coração,
São penas maravilhosas,
Como as penas do pavão.

No jogo do vale a pena
Quantas penas vão nascendo
Outros vão cumprindo pena
E alguém a penar morrendo...

No jogo do vale a pena
Tenho pena das penosas
Que sem pena o homem mata
Nas formas mais dolorosas...

No jogo do vale a pena
Sem pena, frente a teu povo,
Quem sabe eu volte a ter pena
Ao ver-te penar de novo...

No jogo do vale a pena
Aos prantos estou penando
São penas que não acabam,
É pena d’água jorrando...

No jogo do vale a pena
Eu quero dizer, que apenas
Depenei meu repertório,
Mas ainda restaram penas...


Nenhum comentário:

Postar um comentário